5 Erros de Web Design das Pequenas Empresas (PME´s)

O site é o núcleo de muitas pequenas empresas e uma parte importante de todo o seu marketing e branding. Os

Web Design Pmes

Web Design Pmes

potenciais clientes visitam estes sites, principalmente, pelo conteúdo, o que significa que a sua aparência e usabilidade desempenham um papel fundamental na visão que os consumidores têm da empresa.

Assim, um design pobre pode ter um efeito muito negativo sobre os potenciais clientes que visitam o site de uma PME. Para evitar isso, Mashable selecionou os cinco erros mais comuns a serem evitados ao criar uma experiência online para os usuários.

1. Pobre de Navegação

Muitas pequenas empresas não percebem que a navegação é uma prioridade. Se não é dada especial atenção à forma como as pessoas navegam no site, pode criar, involuntariamente, uma experiência frustrante para qualquer usuário potencial. As pessoas acessam á sua página em busca de uma informação específica e, se não for capaz de encontrár-la, irão para outra web com a impressão de que a sua empresa está desorganizada. Em vez disso, uma boa estrutura de navegação mantém os visitantes mais tempo no site, o que significa mais leitores potencias, mais assinantes, mais vendas ou mais oportunidades.
Certifique-se que as páginas e seções do site são simples e lógicas para a utilização pelos visitantes. Não faças com que os usuários tenham de aprender a navegar no site, mas deve fazê-lo sem esforço e naturalmente. Para isso, considere um conjunto de princípios: utilizar ícones ​​para facilitar a navegação, criar grupos lógicos de links e fornece informações sobre a localização dos usuários na página.

2. Chamadas  à Ação Confusas (Call to Action)

Um dos erros mais comuns nas páginas web de muitas pequenas empresas é as chamadas á ação não são claras. Se não é capaz de levar os usuários a tomar uma ação como a compra de um produto, entrar em contato, inscrever-se numa newsletter, então está a perder. O tráfego é importante, mas é inútil se não houver uma ação que os usuários tem que completar. Botões como “clique aqui” é uma forma para chamar a atenção dos usuários e pode ser entrada para novas discussões.

Para tirar o máximo proveito das chamadas à acão tem em mente estes três princípios:
– O desenho de uma chamada à ação pode ser separada em quatro elementos: tamanho, forma, cor e posição. Cada um tem um papel essencial na determinação da eficácia do apelo à ação.
– Não faça com que os usuários pensem ou trabalhem.
– Não sobrecarregar a página com várias chamadas para a ação. Decidir quem é o seu alvo e o que deseja obter em cada página.

3. Cor e Contraste

O uso da cor e contraste geralmente não é uma prioridade para as pequenas empresas, mas deveria, porque se o texto não faz sobressair no fundo, as pessoas não podem ler o conteúdo. Mas, além de visibilidade, o uso apropriado das cores pode ser usado para criar o interesse visual e chamar a atenção dos usuários.Também é importante organizar e definir o movimento e a hierarquia tendo em conta os contrastes e as dimensões dos elementos que entram em jogo durante o processo de design.

4. Conteúdo

As pessoas visitam um site para acessar aos seus conteúdos e a forma como estão estruturados serão cruciais para seu sucesso ou fracasso. Muitas PME´s tendem a sobrecarregar o usuário com uma grande quantidade de informação que querem que saibam, sem prestar atenção à forma como essa informação é apresentada. A maioria dos usuários não costumam ler a menos que seja absolutamente necessário, tendem a passar os olhos destacando o mais interessante. É por isso que é essencial estabelecer uma hierarquia de conteúdos muito forte para os usuários possam encontrar as informações que desejam num ápice. Além disso, não esquecer as regras da gramática e de ortografia

5. Páginas Sobcarregadas de Informação

Muitas pequenas empresas tendem a colocar tudo o que podem numa única página do seu site, saturando, confundindo ou distraindo o usuário. Mas uma página saturada também pode afetar o tráfego, pois os visitantes não valtarão se sabem que não podem compreender ou acompanhar os conteúdos que se publicam. Esta saturação ocorre também nas imagens, porque se forem muitas pode ser perturbador e até mesmo irritante. As imagens devem ser utilizadas apenas para ilustrar, chamar à atenção e orientar os usuários.

Poderá criar a sua web optimizada para os usuários e motores de busca. Peça um orçamento gratuito aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

About Antonio Alves

Consultor SEO em Portugal Serviço de Publicidade no google e facebook
Tagged , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *